Pente fino auxílio doença e aposentadoria por invalidez

Recentemente, o Governo anunciou que vai fazer um pente fino auxilio doença e aposentadoria por invalidez.

Essa decisão segue o corte de benefícios sociais determinado pelo Comitê de Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas Federais (CMAP).

O principal objetivo dessa ação é justamente cortar os benefícios de quem já não tem mais a necessidade, bem como evitar fraudes no sistema previdenciário. Isso porque, essas fraudes e pensões irregulares têm pesado cada vez nos cofres públicos.

E para te ajudar a escapar do pente fino auxilio doença e aposentadoria por invalidez, vamos esclarecer algumas das dúvidas mais frequentes sobre o assunto. Confira!

Quais trabalhadores terão o benefício revisto?

Todos aqueles que recebem o auxílio-doença ou então a aposentadoria concedida por invalidez por um período superior a dois anos, e que não tiveram que passar por revisão ou avaliação médica durante esse período.

Segundo estimativas do Governo, pelo menos 530,2 mil beneficiários serão chamados para o pente fino.

Como a convocação para o pente fino auxílio doença e aposentadoria por invalidez será feita?

A convocação será feita via carta, e também por avisos nos caixas eletrônicos, quando o contribuinte for sacar o benefício.

Caso o contribuinte more em endereço indefinido, ou em localidades que não são cobertas pelo Correios, a convocação deste será efetuada por meio de edital que será publicado em plataforma oficial (www.in.gov.br).

É necessário procurar uma unidade do INSS antes da convocação?

Não, se você se enquadra no pente fino auxílio doença e aposentadoria por invalidez, aguarde a convocação.  Depois dela, você terá até 5 dias úteis para agendar a sua perícia, e somente pelo telefone 135.

O que pode ser feito para não deixar de receber a convocação e acabar correndo o risco de perder o benefício, é manter o seu endereço atualizado. Isso pode ser feito pelo 135, ou pelo site Meu INSS, que é o portal de centralização de serviços previdenciários do Governo Federal.

E se o beneficiário não ir ao pente fino, o que acontece?

Caso o beneficiário convocado não agende a pericia em até 5 dias, o benefício será suspenso até que a situação seja regularizada.

A partir da data do bloqueio o contribuinte terá 60 dias para marcar sua perícia. Fazendo o agendamento o benefício já é desbloqueado. Mas se ele não for feito, será cancelado.

Importante, na perícia é necessário levar todos os documentos que comprovem a necessidade do benefício, tais como relatórios médicos, atestados, receitas prescritas pelo médico, resultados de exames entre outros.

Também é necessário levar RG e CPF. Além disso, sempre tire cópia de tudo, pois o perito irá reter os originais para avaliação e só devolverá ao fim do processo de pente fino auxílio doença e aposentadoria por invalidez.

Caso você queira saber mais sobre o assunto, não deixe de procurar auxílio de um advogado previdenciário. Assim você receberá todas as orientações necessárias para a solicitação.

Para mais informações, agende uma conversa com os advogados especialistas da D’Aguiar Advogados Associados.

Fale com os Doutores pelo Whatsapp: (51) 99330-8766.

 

 

 

Notícias

Acompanhe aqui notícias e novidades sobre a D’Aguiar e o universo jurídico

Governo reajusta em 4,48% aposentadoria acima do mínimo

Governo reajusta em 4,48% aposentadoria acima do mínimo

Governo reajusta em 4,48% aposentadoria acima do mínimo O governo federal oficializou na terça-feira (14) o reajuste de 4,48% para aposentados e beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que recebem acima de 1 salário mínimo, de acordo com portaria...

ler mais
Informe Semanal 23-12-2019

Informe Semanal 23-12-2019

Informe Semanal 23-12-2019 Recesso na Justiça Federalhttps://www.trf4.jus.br/trf4/controlador.php?acao=noticia_visualizar&id_noticia=14926 Segurado que sofre degeneração na coluna receberá...

ler mais
INSS divulga datas para pagar benefícios em 2020

INSS divulga datas para pagar benefícios em 2020

INSS divulga datas para pagar benefícios em 2020 Os segurados do INSS que recebem benefícios, já podem conferir as datas de pagamento em 2020. O calendário deve ser seguido de acordo com o número do benefício do segurado. Segundo o INSS, os depósitos seguirão a mesma...

ler mais

Agende uma conversa

Agende um horário com nossa equipe e saiba como podemos ajudar você!

Contato